Visite as nossas lojas

CATEGORIAS

MARCAS

COMPARAR COLÇHÕES

    Seleccione comparar

COMPARAR

Colchões — Molas Ensacadas

Molas Ensacadas As molas independentes ou ensacadas são envolvidas individualmente em sacos de tecido, o que permite uma sustentação ponto-a-ponto do corpo do utilizador e um silêncio absoluto. A estrutura de...

ver mais...
X

Molas Ensacadas

 

Molas Ensacadas

As molas independentes ou ensacadas são envolvidas individualmente em sacos de tecido, o que permite uma sustentação ponto-a-ponto do corpo do utilizador e um silêncio absoluto. A estrutura de molas é envolvida por uma caixa de espuma em todo o seu perímetro, esta caixa para além de evitar que as molas se deformem lateralmente, serve também para permitir que o utilizador se sente na lateral do colchão de forma confortável.

Existem diversas espessuras de arame, sendo que a cada uma delas corresponderá uma determinada firmeza, a mais usual é de 1,9 mm, existindo ainda a possibilidade de conjugar diversos graus de firmeza no mesmo colchão, utilizando molas de diferentes espessuras.

 Importa salientar alguns pormenores que distinguem a qualidade das molas, a começar pelo saco que as envolve, que poderá ser de papel, tecido-não-tecido (TNT) ou em algodão. O encerramento dos sacos e a união entre os mesmos poderá ser efectuada com cola ou poderá ser através de uma costura.

As molas têm usualmente 6 cm de diâmetro e uma altura total estirada de 12 cm e são normalmente dispostas em fileiras paralelas. Existe uma evolução mais recente que dispõe as molas em "favo de abelha", que permite obter uma estrutura de molas anti-deformações, quando se coloca o colchão ao alto, para além de permitir mais molas por metro quadrado, o que irá consequentemente aumentar a adaptabilidade do colchão ao utilizador e a firmeza do mesmo.

É usual sentir pouca firmeza quando nos sentamos na lateral de um colchão com este tipo de estrutura, porém essa é uma falsa sensação, pois deve-se ao facto de o peso do nosso corpo estar a incidir totalmente num único ponto. Assim que o utilizador se deita e o peso do corpo se distribui por todo o colchão, sentirá a firmeza e sustentação do colchão e rapidamente chegará à conclusão que o colchão tem um óptimo grau de firmeza. Ainda assim não deve ser recomendado a pessoas com peso excessivo, correndo o risco de se "afundarem" no colchão, tendo assim dificuldades em se movimentar e aumentando a sensação de calor.